Como visto em:




Devemos aprender sobre as pessoas para admirá-las.
E Steve Jobs é uma figura mau interpretada, e admirada pelos motivos errados.
Escute este episódio e descubra o porque.

Reunir as pessoas em torno de eventos é o que criou a nossa humanidade. Seja para música, educação ou encontros familiares, é assim que nos conectamos.

Em determinadas situações, nos reunimos em palestras, afim de alinhar o pensamento de um grupo. Vamos em busca de atualização, buscando um novo ponto de vista, buscando revisar o que sabemos.

Palestras em grupo também criam um comprometimento com todos os participantes em seguir um método proposto.

Então, com toda esta importância descrita, quais são as 3 características que devemos buscar, para assistirmos a uma palestra fantástica e que realmente faça sentido.

BOM COMUNICADOR

Passo Número 1: Escolha um bom comunicador para palestrar

Se a palestra for de uma hora e meia, e o palestrante for muito fraco, ninguém vai lembrar do que foi dito. Vão falar mal em seguida do evento, poderão até acusar de desperdício de tempo.

Ninguém gosta de voz de sono, ou estrelismo e chilique no palco. Bons comunicadores sabem medir a dose do que falam, a velocidade e intenção.

BOM MOTIVADOR

Passo Número 2: Escolha um comunicador que saiba motivar

Somente falar bem não adianta. O palestrante tem que inspirar as pessoas a fazerem o que ele está falando. Palestras sem motivação são igual tomar bronca.

Motivação é "Motivo" para "Ação". Durante a apresentação as histórias e exemplos devem criar esses motivos para agir. Geralmente são elas que sustentam os argumentos.

Palestrante que tem somente frases inspiradoras e um monte de histórias antigas não consegue criar motivação que dure por um longo período. No final, fica aquele vazio e a sensação que está faltando alguma coisa.

CRIADOR DE MÉTODOS

Passo Número 3: Escolha um comunicador que motive a executar um método

Somente falar bem não adianta. Somente motivar, não adianta também. Motivar através de uma boa comunicação, menos ainda. Se a intenção é uma palestra séria, precisa de um método.

Cada argumento citado leva a um método maior. Igual subir uma escada, os argumentos são os degraus a subir, a apresentação o corrimão. O palestrante está no alto da escada ensinando a todos como subir.

São poucos os palestrantes que criaram métodos do zero. Geralmente eles estudam métodos existentes e falam deles. A maioria dos que dizem terem criado um método, geralmente trocaram palavras, ou misturaram mais de um método, criando um muito maior.

PASSO EXTRA

E se tivesse que priorizar apenas uma característica?

Está com uma indicação de um palestrante, mas ele fala mal, ou um outro que não tem histórias. Se esse é seu caso, O MÉTODO deve prevalecer.

Para prevenir reclamações, diminua o tempo da palestra e peça ao palestrante para focar no método que ele estudou.




Lembra daquela época, em que teve as compras coletivas?
E nem foi a tanto tempo assim, que este modelo de vendas nasceu e morreu.
Acompanhe esta análise do que foi e do tamanho da oportunidade que se perdeu.




O que faz um palestrante profissional?
Em que ele pode melhorar minha empresa ou performance?

Descubra neste episódio.