EXCLUSIVO: GUIA REVELA COMO SER CONTRATADO NA CRISE

Descubra quais as 5 características profissionais que todos os empresários estão procurando para contratar mesmo na crise, e descubra como manter o seu novo emprego em 2017




Como visto em:

Este mês uma parte importante da internet comemorou em grande estilo. São os blogueiros. Criadores de conteúdo que dedicam seu tempo a selecionar informação, catalogar e disponibilizar para o grande público, muitos deles até sem cobrar nada.

Mais ainda do que esse trabalho, alguns são ativos em fóruns de ajuda, criam vídeo tutoriais, palestras, podcast, infográficos e mais e mais serviços para o público. Já não sendo suficiente, alguns são pais e mães, com filhos e responsabilidades, e alguns são trabalhadores em outro emprego, diferente do seu tema discutido no blog.

Esse é o raio-x dos blogueiros, e de suas criações, os blogs. No dia 31 de Agosto eles se reúnem para comemorar. Alguns criadores de blog aproveitam o mês e estendem mais ainda esse trabalho, dividindo sua alegria com seu público. Foi assim que começou minha jornada de Agosto.

O COMEÇO DO DESAFIO

Parte do que um blogueiro faz é estudar um assunto, e quanto mais você estuda, melhor você escreve. Foi por este motivo que estive ao longo desses anos acompanhando diversas iniciatívas de blogueiros de qualidade e com conteúdo para compartilhar. Entre eles o blog Dicas Blogger.

Foi lendo o Dicas Blogger que descobri o #PEDABLOGBR. Um único artigo esclarecedor e legível sobre o desafio, e sobre a dedicação ao longo de 9 anos de blog na plataforma do Google, o Blogspot.

O significado dessa hastag é "Post Every Day August Brazil", ou "Postagem todos os dias em Agosto Brasil". O desafio é auto explicativo, e a intenção é postar conteúdo para os seus leitores. E assim o fiz, mas com um adendo. Resolvi diversificar o conteúdo em várias direções. Vídeos, Podcasts, Artigos e Instagram.

DESAFIO ACEITO, MÃO NA MASSA

Eu escrevo muito, mas em pequenos rascunhos, que fico sempre catalogando,, reeditando e estudando. Para esse desafio, decidi usar esse "estoque" que eu já tinha, porem longe do grande público. Tive que tirar os rascunhos da mesa e passar para o computador, em forma de artigos.

Alguns deles pareceram muito grandes para serem escritos, e viraram pauta para os podcasts que gravei. Alguns eram curtos demais, mais parecidos com um insight apenas, e estes viraram vídeos. E finalmente tinham algumas frases, que viraram fotos animadas para o Instagram.

BALANÇO DO MÊS DE AGOSTO

ARTIGOS

Os artigos publicados em categorias de Motivação e Vendas foram os mais lidos, tanto aqui, como em outros meios de distribuição, como o Portal Administradores, que atingiu a marca de 8.865 leitores em agosto, e a plataforma Medium.

Concentrei meus esforços aqui e para a criação das bases deste blog. Sabia que a velocidade iria trazer desgaste, o que volto a tratar em breve neste artigo, mas fui assim mesmo e fiz o impossível para completar esse desafio.

PODCASTS

Sou filho de radialista, palestrante profissional e de família italiana. Isso me torna muito comunicativo. Muito comunicativo mesmo. E escuto podcasts a muito tempo. Antes, eram as fitas "K7" que faziam as vezes de transmitir informações em áudio. Hoje os Smatphones.

Então reativei minha conta do Soundclound, e passei a descarregar podcasts durante o mês, três por semana. Uma loucura, que não recomendo para quem faz tudo sozinho e está dividindo seu tempo com outras tarefas.

O mais curioso nem foi escolher o que falar ou editar os episódios. Eu não queria barulhos no fundo das gravações, pois estando em um fone de ouvido os barulhos agudos se tornam poderosas explosões nos ouvidos.

Lembrei dos meus estudos e imaginei que um lugar silencioso seria uma praça. E nenhuma que eu passei estava em silêncio. Os carros estão em todas as partes, mas principalmente os "motoboys" com escapamentos desregulados.

Estive em lugares no mínimo interessantes nesses dias de gravação, como fazendas, lotes em construção, um carro e até no alto de uma montanha. Obtive sucesso nessa busca pela qualidade sonora, mas ficava falando e divagando. Gravava 5 falas, e saiam 2 episódios realmente relevantes.

Por mais habilidade de comunicação que eu tenha, preciso dedicar um tempo ao planejamento correto do que vou falar nos próximos episódios. Estão todos muito bons, diga-se de passagem, mas quero mais profundidade em um assunto e deixar tudo bem esclarecido.

Se você ainda não escutou, escute no Soundclound ou pelo Itunes.

VÍDEOS

Novamente, tenho facilidade de comunicação. E novamente, sou de família italiana. Preciso ressaltar uma característica que adquiri com isso, ou que nasceu comigo, que foram os gestos com as mãos. Só que filmar sozinho e querendo fazer os gestos, é complicado.

Só isso que eu tive de dificuldades. Inclusive testei a possibilidade de gravar com um pouco de ruídos, em uma praça com fluxo menor de trânsito, mas que teria barulho. Diferente do áudio, aonde se usa a audição, no vídeo se usa a audição e a visão, aumentando a atenção nas mensagens.

Neste caso, realmente precisava ser direto ao ponto, pois os vídeos seriam distribuídos no Youtube e no Facebook, e o foco se perde com pouco mais de 3 minutos nessas plataformas, muito mais até no Facebook.

Editar um vídeo curto desses seria muito fácil, como foi, cortando basicamente as pontas e ajustando o som. Mas mexi também nos tons de cor, brilho e contraste, que causam uma demora nas conversões. Nesse ritmo, os vídeos ficaram no Youtube e no blog sem uma descrição adequada, que vai gerar retrabalho.

Aqui também precisarei planejar cuidadosamente o que vou falar, pois cada palavra conta em um vídeo curto. Devo sair para gravar, juntos, um vídeo e um podcast no mesmo dia, sendo o vídeo curto e o podcast mais longo e profundo. São dois públicos, buscando conteúdo em diversas mídias.

Se ainda não assistiu, veja e se inscreva no meu canal do Youtube.

INSTAGRAM

Se tem uma coisa que faço, é "inventar moda", como diriam os mais velhos. E eu sempre segui perfis no Instagram que publicavam frases. Sempre buscava diferenças e acompanho a evolução das pessoas dentro dessa rede social. Sempre no começo é uma bagunça, depois entram no trilho.

No início de tudo eram letras pretas com fundo branco, e uma logomarca. Depois uma foto escurecida de fundo. Depois apareceram as fotos muito claras também. As charges já tinham cadeira VIP no Instagram, apenas chegaram um pouco atrasado, com a festa já aquecendo. Charges curtas e frases.

Agora estamos vendo os vídeos, que no início eram de 15 segundos, e hoje são de 60 segundos. Trechos de filmes e palestras invadiram a rede social, e agora as frases estão animadas. Eu achei as primeiras, com tentativas muito pobres de animar frases, que simplesmente surgem.

Aaahhh, ai eu peguei meus rascunhos e comecei a brincar em um template de 4 segundos que eu mesmo criei. Cada vídeo que publiquei no meu perfil do Instagram tem apenas 4 segundos, e foram criados para serem vistos pelo menos 10 vezes, de forma hipnótica.

Preciso de um dia inteiro de trabalho para criar 5 deles. As questões que preciso melhorar são muito técnicas, referentes aos sistemas que utilizo para criar os vídeos, e vou pular isso.

Se você ainda não viu meus vídeo no Instagram, veja aqui.

PALESTRAS

Aqui esteve a parte bacana do desafio, para conseguir sair do mundo online um pouco e estender ao  público local. Para isso resolvi fazer uma palestra a um quilo de alimento não perecível, em parceria com uma Unidade de Atendimento do governo do estado, doando para um asilo local.

Aconteceu o improvável, e fui notificado pelo município, pelos cartazes que coloquei pelas ruas. Sei que calhou com a época eleitoral, pois removeram todas as propagandas que tinham no centro da cidade, desde shows até Tarô.

Isso fez a palestra ser mais limitada, assim como as doações. Porem eu fiz a palestra. Prometido e cumprido. Com uma incrível história, que vou levar pela minha vida profissional, sem duvidas.

Um rapaz entrou com a palestra em andamento, sem alimento para doação. "Tudo bem, sente-se", eu disse e prossegui com a palestra. Ao final dela, uma hora e meia depois, ele se levanta e sai correndo dizendo: "Meu deus, eu vim para uma entrevista de emprego" e seguiu para a sala ao lado. Sem querem ele ficou na palestra, interagindo com perguntas e tudo o mais, mas nem consegui saber o nome dele, pois saiu correndo. Felizmente deu tudo certo para ele.

Também esclareci minha situação com a prefeitura, e o que planejei será executado no mês que vem.

Se ainda não me acompanha pelo Facebook, vá agora e saiba quando as próximas palestras serão feitas.

EBOOK

Um dos artigos ficou muito bom e longo. Não podia ser transformado em podcast, pois continha exercícios que exigiam a concentração e paciência da pessoa. Podcast se escuta no carro, na academia, na rua, por exemplo. Impossível resumir e ter a mesma qualidade, então não vira vídeo.

Hora de um novo formato para esta produção, e é o primeiro ebook de 2016. Não é o meu primeiro ebook, mas o primeiro focado em soluções específicas para meu público das palestras. Ele é a ignição de uma cadeia de ações, palestras e conteúdos.

Se está acompanhando até aqui, tem que esperar a postagem seguinte para conhecer o ebook, aonde faço o lançamento oficial do ebook e do que virá em seguida.

PRÓXIMOS PASSOS

Foram dias de correria, que pretendo não mais adotar como a velocidade padrão. Foco na qualidade, muito antes da quantidade. Eu digo o Dicas Blogger a tantos anos, devido a qualidade e não a quantidade de informações. Escutar (ou ler) os mais experientes faz parte de um caminho de sucesso.

Nessas horas os meus mestres falam na minha mente com mais força, sejam eles Paulo Faustino, aonde construí as bases, Luciano Larrosa e Dicas Blogger, aonde desenvolvi habilidades, ou Edmar Oneda, por onde estabeleci meus métodos atuais. E estou sendo absurdamente injusto nesta lista, acredite.

Então se prepare, pois o que esteve bom, se tornará melhor e mais completo, como nunca antes visto por aqui. Assine a lista para receber as atualizações e conteúdos exclusivos, e nos veremos em breve.


Será que você está gastando muita energia com sua imagem?
Será que está desperdiçando suas forças em uma área em que não precisava?
Descubra assistindo a este vídeo.





Devemos aprender sobre as pessoas para admirá-las.
E Steve Jobs é uma figura mau interpretada, e admirada pelos motivos errados.
Escute este episódio e descubra o porque.

Reunir as pessoas em torno de eventos é o que criou a nossa humanidade. Seja para música, educação ou encontros familiares, é assim que nos conectamos.

Em determinadas situações, nos reunimos em palestras, afim de alinhar o pensamento de um grupo. Vamos em busca de atualização, buscando um novo ponto de vista, buscando revisar o que sabemos.

Palestras em grupo também criam um comprometimento com todos os participantes em seguir um método proposto.

Então, com toda esta importância descrita, quais são as 3 características que devemos buscar, para assistirmos a uma palestra fantástica e que realmente faça sentido.

BOM COMUNICADOR

Passo Número 1: Escolha um bom comunicador para palestrar

Se a palestra for de uma hora e meia, e o palestrante for muito fraco, ninguém vai lembrar do que foi dito. Vão falar mal em seguida do evento, poderão até acusar de desperdício de tempo.

Ninguém gosta de voz de sono, ou estrelismo e chilique no palco. Bons comunicadores sabem medir a dose do que falam, a velocidade e intenção.

BOM MOTIVADOR

Passo Número 2: Escolha um comunicador que saiba motivar

Somente falar bem não adianta. O palestrante tem que inspirar as pessoas a fazerem o que ele está falando. Palestras sem motivação são igual tomar bronca.

Motivação é "Motivo" para "Ação". Durante a apresentação as histórias e exemplos devem criar esses motivos para agir. Geralmente são elas que sustentam os argumentos.

Palestrante que tem somente frases inspiradoras e um monte de histórias antigas não consegue criar motivação que dure por um longo período. No final, fica aquele vazio e a sensação que está faltando alguma coisa.

CRIADOR DE MÉTODOS

Passo Número 3: Escolha um comunicador que motive a executar um método

Somente falar bem não adianta. Somente motivar, não adianta também. Motivar através de uma boa comunicação, menos ainda. Se a intenção é uma palestra séria, precisa de um método.

Cada argumento citado leva a um método maior. Igual subir uma escada, os argumentos são os degraus a subir, a apresentação o corrimão. O palestrante está no alto da escada ensinando a todos como subir.

São poucos os palestrantes que criaram métodos do zero. Geralmente eles estudam métodos existentes e falam deles. A maioria dos que dizem terem criado um método, geralmente trocaram palavras, ou misturaram mais de um método, criando um muito maior.

PASSO EXTRA

E se tivesse que priorizar apenas uma característica?

Está com uma indicação de um palestrante, mas ele fala mal, ou um outro que não tem histórias. Se esse é seu caso, O MÉTODO deve prevalecer.

Para prevenir reclamações, diminua o tempo da palestra e peça ao palestrante para focar no método que ele estudou.